William de Freitas, da Saltense para o Avalanche FC dos Estados Unidos

William de Freitas Oliveira passou por quase todos os percauços que a grande maioria dos jovens atletas brasileiros passam ou já passaram no difícil mundo no futebol. Nasceu em uma pequena cidade, começou a jogar muito cedo, passou por vários clubes, se desiludiu com o futebol e quando tudo já parecia perto de fim, uma porta se abriu e o sonho de fazer o que tanto ama, recebendo salário e jogar em um clube com uma boa estrutura, parece estar muito próximo de se realizar.

14501849_921727057957351_732930844_n

Nascido em Itu, começou a jogar aos 7 anos em escolinhas de futebol, jogou até os 19 anos, quando parou justamente por não ter um empresário. Passou por vários clubes de São Paulo, entre eles a Saltense e a Portuguesa de Desportos, clube que hoje vive o pior momento de sua história, após ser rebaixado para a quarta divisão do campeonato brasileiro.

Recentemente seu mundo deu uma volta, quando um empresário viu seu material e lhe falou sobre a possibilidade de jogar em um clube nos Estados Unidos. O clube seria o Avalanche USA FC, que disputa a liga UPSL (United Premier Soccer League) quarta divisão do futebol Norte Americano, a mesma liga que joga o Las Vegas City, clube também recentemente formado, que em sua partida de estréia teve a participação de Ronaldinho Gaucho.

O Avalanche também é um clube muito novo, foi fundado em maio desse ano e além da UPSL, foi convidado a participar da Copa Alianza, que será realizada no mês de dezembro em Huston no Texas.
O time treina no complexo esportivo Ralph M. Lewis em Fontana, no estado da Califórnia a uma hora de Los Angeles, é comandado pelo técnico brasileiro Alaércio Elicher, um profissional com mais de 30 anos de experiência no mercado de futebol dos Estados Unidos e do Brasil.


LEIA MAIS: Vale a pena tentar a vida como jogador de futebol profissional nos Estados Unidos


14508490_921728671290523_456315630_n

Hoje com 23 anos, vive a expectativa de voltar a jogar profissionalmente, mas para isso, enfrenta a espera pela burocracia para que sua documentação fique pronta e assim poder embarcar nessa grande aventura.
Será sua primeira vez nos Estados Unidos, sua empolgação é grande pois espera encontrar lá o que não conseguiu ver no Brasil, seriedade e a valorização do atleta.
William tem acompanhado o crescimento do futebol americano e acredita que o investimento que está sendo feito, principalmente com a contratação de grandes astros como Kaká, Thierry Henry e Didier Drogba podem ajudar a impulsionar o futebol por lá e acredita que pode crescer junto.
Com o ensino médio completo e estudando radiologia, William tem um inglês de nível básico, mas isso não o intimida já que a vontade de jogar supera todo e qualquer obstáculo.

O próprio William teve que preparar e arcar com os custos de toda a documentação para dar entrada em seu visto, o clube enviou uma carta convite para comprovar o objetivo de sua viagem, que será paga pelo clube, que também pagará por sua acomodação. O salário ainda não foi definido, será acertado em uma reunião assim que o atleta estiver em solo americano.

Um mudança como essas está tirando o sono do jogador, mas nessa hora, o apoio da família e dos amigos é fundamental. “Estão todos muito animados pois eles tem certeza que essa é uma oportunidade única, que eu espero há muito tempo. Eles estão me apoiando o máximo.” disse William.

 

Por: RALF FURTADO

Leia Também
Vídeos

O diretor das categorias de base do Orlando City, fala sobre o que espera para o futuro da Academia. David Longwell explica as várias etapas que um atleta das categorias tem que ultrapassar, para conseguir chegar até o time profissional

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!!

Na entrevista, perguntamos ao Diretor das Categorias de base do Orlando City, David Longweel, quais eram as expectativas do clube em relação ao futuro da Academia. Sobre os investimentos que estão sendo feitos e como é o processo para que um jogador da base chegue ao time principal do clube.

David respondeu:
– Já existe um bom projeto para isso no clube, nós tentamos levar jogadores para a Academia, da Academia eles vão para o time B do Orlando City e daí completam o processo chegando ao time da MLS.
Tem muito trabalho sendo feito por trás das cenas, o clube está investindo dinheiro pra tentar transformar nossa Academia em uma das melhores do país. E nós temos um objetivo de formar nossos próprios jogadores, nesse caso teremos jogadores mais novos no time principal.
Estou muito confiante que isso vai acontecer no futuro.

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Karina Furtado

Você chega, diz a marca, o modelo e o ano do carro que você precisa das peças, retira o ticket com a localização dos veículos e pronto. Leve sua mala de ferramentas e retire você mesmo a peça que você precisa. o Local se chama U Pull & Pay, que significa, você pega e paga, e é assim mesmo, um self-service de peças usadas. No final, antes de sair, você mostra o que você retirou e faz o pagamento das peças. O preço é muito bom, bem mais em conta do que nos ferro-velhos comuns

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação – Ralf Furtado
Câmera – Jorge Lameiras

 

O craque Ronaldinho Gaucho fala ao Canal EUA Sports. Argel Fucks, técnico do Internacional, o ex-jogador Sorín e o presidente do Fluminense Peter Siemsen também comentam o mercado de futebol americano, durante o Jogo das Estrelas no Torneio da Florida

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

Canal EUA mostra como utilizar o incrível sistema de cupons nos Estados Unidos. Além dos descontos incríveis, alguns produtos podem sair de graça e em algumas situações, você recebe troco em um produto que você não pagou.
A confeiteira Daniela Milatti nos ajudou com suas dicas

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

Para maiores informações, visite a página da Daniele Milatti no FACEBOOK

O que é o movimento?
Os idealizadores MANUEL FREDERICK & ANDREW TISBA ajudam a divulgar a ideia que a Conectividade Humana é a filosofia e os meios de ação do Movimento #letsALLconnect.

O Movimento quer espalhar o espírito paz no mundo, a fim de superar as nossas diferenças humanas através do toque humano para desenvolver a consciência para a Paz & Unidade e usar a tecnologia para o bem da humanidade.

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


 

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Bruno Furtado

Voltar