A dura vida de ser pai de atleta nos Estados Unidos

Parents-740x409

“Todos os dias quando acordo, não tenho mais o tempo que passou..” É com esse pensamento, que todos os dias, milhares de pais e mães de meninos e meninas, vem e vão, de casa para os locais de treino e jogos, em uma rotina que parece sem fim.

Desde muito pequenos, praticamente toda criança que vive nos Estados Unidos, pratica algum tipo de esporte. O principal motivo disso, não é só entreter ou manter os filho em forma, mas também, preparar um atleta com um nível alto o suficiente, capaz de disputar as milhares de bolsas de estudo que são concedidas todos os anos, pelas universidades americanas.

A disputa começa cedo, principalmente nas escolas, onde são revelados a grande maioria dos talentos do esporte americano, que encantam o mundo nas competições internacionais.

Os “Scouts” como são chamados os Olheiros por aqui, estão em todos os lugares, sempre em busca dos jovens atletas de ponta, visando montar sempre as melhores equipes para participar dos grandiosos e disputadíssimos campeonatos universitários, que competem em praticamente todas as modalidades esportivas existentes.

Faz parte da cultura americana, os pais desde muito cedo, juntarem dinheiro para pagar os estudos dos filhos em uma boa universidade. Uma universidade que possui um time forte e vencedor, dá um passo a frente nessa duríssima disputa, em busca do dinheiro que foi juntado durante muitos anos, pelos pais de família dos Estados Unidos.

LEIA TAMBÉM: Como é o futebol nas High-School nos Estados Unidos

Um atleta de ponta, vai certamente conseguir uma bolsa em uma dessas universidades. Ela pode ser integral, se o atleta for realmente diferenciado, ou através de descontos, que vão sempre variar de acordo com o nível técnico de cada atleta. Em qualquer um dos casos, o dinheiro juntado durante anos pode ficar integralmente ou parcialmente com os pais e acabar gerando uma garantia de aposentadoria mais tranquila, a compra de um carro novo ou a reforma da casa, dependendo de quanto deixaram de gastar com a universidade.

Baseado nisso, pais vivem diariamente em função de transformar os filhos em atletas competentes ou alunos exemplares, pois os ensino acadêmico também rende muitas bolsas de estudo por aqui.

Bluffton-81

LEIA TAMBÉM: Pais e mães de jogadores e jogadoras de futebol, são carinhosamente conhecidos como Soccer Moms e Soccer Dads nos Estados Unidos.

Para os pais de atletas, os treinos são quase que diários, e nos finais de semana, jogos e torneios ocupam totalmente os dias que você normalmente usaria para descansar da cansativa rotina do leva e trás da semana. E pra complicar ainda mais, muitos desses eventos são realizados em outras cidades e até mesmo, em outros estados, obrigando os pais a viajarem longas distancias para assistir seus pupilos em ação.

E não pense que basta apenas colocar seus pequenos atletas no carro e ir para o treino ou jogo. Uma série que equipamentos são necessários para facilitar e minimizar essa cansativa rotina. Cadeiras e barracas desmontáveis, repelente de insetos, protetor solar, cooler com bebidas, frutas e sanduíches, e até cobertores, dependendo da região e da época do ano, são acessórios indispensáveis para gerar o mínimo de conforto para cada evento que você participa.

scoutee-smart-speed-radar-gun-baseball-mom-dirty-uniform

Sem falar nos uniformes e equipamentos, que tem de ser comprados e constantemente lavados, consertados e transportados de um lado pra o outro, várias vezes por semana.

Isso quando os pais não fazem também parte do time. É isso mesmo, aqui nos Estados Unidos é muito comum os pais participarem ativamente dos clubes que os filhos jogam, geralmente como voluntários. Eles podem ser técnicos, assistentes, managers “quem cuida da documentação e do calendário”, motoristas e até ajudar na limpeza e manutenção do clube.

under-weather-sports-pod-soccer-moms-e1444997195728

Seus filhos vão passar por muitos momentos de alegria, mas também terão muitas tristezas e decepções. Vão pensar em desistir, em mudar de esporte, e muitas vezes isso vai acontecer. Existem crianças que não nasceram para praticar esporte, ou simplesmente, estão praticando o esporte errado. Mas como descobrir isso? Não há tempo hábil para se fazer testes de aptidão, geralmente os filhos são colocados na escolinha ou no curso mais próximo de casa.

E num ciclo vicioso, os irmãos acabam entrando no mesmo barco, praticando o mesmo esporte que o mais velho, por pura conveniência no transporte, pois quem leva um, leva dois, três.. Mais comum do que pode parecer, alguns talentos acabam sendo descobertos assim, por acaso, quando o irmão mais novo, que era obrigado a ir aos treinos do mais velho, apenas por que a mãe não tinha com quem deixar, e acaba se revelando uma joia do esporte.

spt-0124-Redskins-Arena

Nos Estados Unidos, todas as escolas, mesmo as públicas, possuem uma imensa variedade de equipamentos esportivos, com campos, quadras e ginásios extremamente bem aparelhados, capazes de dar inveja aos melhores clubes brasileiros.

O número de medalhas conquistadas pelos americanos nas Olimpíadas de inverno e a de verão, confirmam a forte relação dos americanos com o esporte. Esporte e educação, caminham lado a lado desde muito cedo em todas as instituições de ensino dos Estados Unidos.

Em todas as olimpíadas, garantidamente, os países sede recebem centenas pais americanos, que sofreram diariamente com essa cansativa rotina de ser pai de atleta nos Estados Unidos. Mas quase sempre são recompensados ao verem seu filhos brilhando como atletas da elite do esporte mundial.

 

Por RALF FURTADO

Leia Também
Vídeos

O mundo dos Muscle Cars deu um salto de potência, com a chegada da nova versão de dois dos mais tradicionais carros dos Estados Unidos. Os novos Dodge Charger e Challenger Hellcat, chegam ao mercado em suas versões 2017 apresentados em detalhes pelo Canal EUA

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!

Apresentação – Ralf Furtado
Câmera – Jorge Lameiras

 

O diretor das categorias de base do Orlando City, fala sobre o que espera para o futuro da Academia. David Longwell explica as várias etapas que um atleta das categorias tem que ultrapassar, para conseguir chegar até o time profissional

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!!

Na entrevista, perguntamos ao Diretor das Categorias de base do Orlando City, David Longweel, quais eram as expectativas do clube em relação ao futuro da Academia. Sobre os investimentos que estão sendo feitos e como é o processo para que um jogador da base chegue ao time principal do clube.

David respondeu:
– Já existe um bom projeto para isso no clube, nós tentamos levar jogadores para a Academia, da Academia eles vão para o time B do Orlando City e daí completam o processo chegando ao time da MLS.
Tem muito trabalho sendo feito por trás das cenas, o clube está investindo dinheiro pra tentar transformar nossa Academia em uma das melhores do país. E nós temos um objetivo de formar nossos próprios jogadores, nesse caso teremos jogadores mais novos no time principal.
Estou muito confiante que isso vai acontecer no futuro.

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Karina Furtado

Descubra todos os segredos de um carro da polícia americana. Canal EUA fala com John Blackwood, gerente de frota do departamento de polícia do condado de Seminole na Flórida, que mostra em detalhes todos os equipamentos que transformam essa Ford Explorer em uma máquina poderosa da polícia dos Estados Unidos


Apresentando – Ralf Furtado
Câmera – Jorge Lameiras

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!

 

Agradecimento ao Departamento de Polícia do Condado de Seminole.

Voltar