Como economizar na hora de viajar para os Estados Unidos

creditscorehackexperiment

1- Tente não usar cartão de crédito

O cartão de crédito é sem dúvida, o método de pagamento mais utilizado no mundo. Porém, como a variação do câmbio em relação ao dólar tem andado muito oscilante, existe a possibilidade de você fazer suas comprar no exterior com o dólar em um valor, e pagar a fatura com o dólar em outro, bem mais alto. Lembrando que além da variação da cotação, ainda incide sobre a sua fatura o IOF de 6.38%.

O ideal e mais barato, é levar o dólar em espécie, já que se você comprar em um banco o IOF é de apenas 1.1%. Dinheiro vivo é sempre mais fácil de controlar pois dói mais de tirar da carteira do que o cartão de crédito. Mas se você não quiser carregar um monte de notas, você pode usar um cartão pré-pago, que pode ser adquirido nos bancos credenciados. O cartão Pré-Pago sofre o mesmo IOF de 6.38% que o cartão de crédito, porém é mais seguro de transportar e você só gasta o limite que carregou antes da viagem, não vai sentir a dor de pagar uma fatura gigante depois de suas férias.

 

2- Como alugar um carro

Em algumas cidades o carro nem é necessário, você pode usar os transportes públicos disponíveis, taxis ou os polêmicos Uber e Lyft, que funcionam perfeitamente lá fora.

Mas quando o carro é indispensável, fazer uma pesquisa é fundamental.

São dezenas de locadoras e uma infinidade de sites de pesquisa, onde os preços são geralmente mais baixos do que o das próprias locadoras.

Consulte os benefícios do seu cartão de crédito, muitos cobrem inclusive o seguro total na locação de veículos. Por que na hora que você for retirar o carro, o funcionário da locadora sempre vai tentar te empurrar um monte de novos gastos como: seguro, GPS, cadeirinha de bebê e o upgrade do próprio carro já alugado. Tudo é mais barato se você pagar antecipadamente na hora que você faz a reserva do carro, então chegue preparado para falar “NÃO” repetidamente.

 

casr_2832116b

 

3- Como comer bem e barato

Se você vai ficar em um hotel, muitos oferecem quartos com pequenas cozinhas no mesmo ambiente. Os supermercados americanos, são verdadeiros paraísos das compras, você encontra de tudo e em embalagens bem grandes. Nos primeiros dias de viagem, a família se adapta bem aos Fast-Foods, mas depois o corpo começa a pedir por mais sustância, e a saudade do Feijão com Arroz começa a aparecer.  Se você alugou uma casa ou está em um quarto com cozinha, ambos vem bem aparelhados, com panelas, pratos e talheres, com isso você pode fazer sua própria comida. A economia é imensa e você estará mais preparado para as longas caminhadas da viagem.

Se quiser comer de graça, atualmente muitos restaurantes de Fast-Food estão oferecendo lanches de graça para que baixar seus aplicativos. Ou você pode fazer check-in no site Yelp e ganhar de graça um drinque ou uma sobremesa.

Leia também: Come-se bem nos Estados Unidos?

 

best-hotel-kitchen-room-design

 

4- Procure por Cupons de desconto

Os americanos são os reis dos cupons, praticamente todo o comércio e serviços oferecem opções de cupons de descontos. Você encontra esses cupons em diversos locais, internet, jornais, revistas, quiosques dos shoppings.. São ofertas de descontos em produtos ou serviços específicos ou no valor total de sua compra. Muitas vezes o desconto podem ser cumulativo, você recebe o desconto duas vezes, no produto ou no serviço adquirido e no valor final compra.

Páginas como a do Premium Outlets ajudam a encontrar os locais onde estão rolando boas promoções.

 

 

5- Faça suas compras com antecedência

Se você já reservou o hotel ou alugou uma casa, então você já tem um data de chegada e um endereço confirmado nos Estados Unidos. Se existe uma forma de gastar tempo e dinheiro em uma viagem, sem dúvida é ficar procurando ou pesquisando preço de um produto, batendo perna, entrando de loja em loja, em busca e algo que você já poderia ter comprado pela internet, da sua casa, no Brasil, antes mesmo de embarcar em sua viagem.

Sites como AMAZONEBAY prometem entregas até no dia seguinte da compra, dependendo do produto é claro. Mas independente do prazo de entrega, comprar pela internet é extremamente seguro e confiável, você só precisa se organizar e garantir que a data de entrega, serja após a sua chegada no local em que você esteja hospedado. Mesmo que você não esteja em casa ou no hotel, seu produto estará seguro na porta da casa ou guardado na recepção do hotel.

 

Amazon-boxes-iStock_000061876024_Medium-940x529

 

6- Utilize sites de pesquisa

Quando for reservar carro, hotéis e passagens, utilize sites que comparam preços, a economia pode chegar a mais de 50%, perincipalmente no aluguel de carro e hotel. Os sites mais utilizados para aluguel de carros são HOTWIRE e o CARRENTALS. O próprio HOTWIRE é uma excelente opção para quem quer economizar na reserva de hotéis. Ele utiliza uma forma diferente, onde o cliente escolhe o hotel apenas selecionando opções como a faixa de preço, quantidade de estrelas e a região de preferência onde o hotel esteja localizado, o nome do hotel você só descobre depois da compra efetuada. Pode parecer estranho, mas como os hotéis americanos seguem rigorosamente a classificação de estrelas, você não vai ter nenhuma surpresa ao chegar, e a economia é garantida.

RALF FURTADO

 

Leia Também
Vídeos

A Florida Cup organizou um incrível evento que reuniu grandes feras brasileira do futebol e do automobilismo. Com a presença do piloto Rubens Barrichello, do ex jogador Rivaldo e do Youtuber Fabio Brazza que fez um RAP para o Futebol EUA durante o evento chamado no Brasil de Torneio da Florida.

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

 

 

Canal EUA Sports acompanhou Corinthians 3 x 2 Shakhtar Donetsk na Florida Cup 2016 e falou com o técnico Tite, o humorista Beto Hora e o cantor Latino, sobre o evento e o crescimento do futebol nos Estados Unidos

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

Corinthians x Shakhtar (18:45, ESPN Wide World of Sports Complex, Orlando)

Árbitro: Guido Gonzales Jr-EUA
AR 1: Sean Hurd-EUA
AR2: Matthew Miscannon-EUA
4th Official: Esteban Rosano-EUA

O craque Ronaldinho Gaucho fala ao Canal EUA Sports. Argel Fucks, técnico do Internacional, o ex-jogador Sorín e o presidente do Fluminense Peter Siemsen também comentam o mercado de futebol americano, durante o Jogo das Estrelas no Torneio da Florida

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

No Torneio da Florida 2016 entrevistamos os técnicos Ney Franco e Adílson Batista, que falam com o Futebol EUA sobre sua visão do mercado de futebol dos Estados Unidos. A aínda, o jogador Vitinho do Internacional e o Youtuber Fred B12

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

Falamos com Victor Pagliari Giro, mais conhecido como PC. Jogador que recentemente conquistou uma vaga no time titular do Orlando City, depois de passar por outros clubes dos Estados Unidos como o Fort Lauderdale Strikers e o Tampa Bay Rowdies. 

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!

  • PC você pode nos explicar o porque do apelido PC ?

– Bom, PC porque quando era garoto ainda, que jogava no Corinthians falavam que eu parecia outro jogador que o nome dele era Paulo César, aí como tinha essa semelhança minha com ele e até o jeito de jogar, canhoto a posição tudo, e aí começaram a me chamar de PC. E aí no começo eu até tentei mudar para deixar o meu nome mesmo, mas aí todo mundo começou a pegar PC, PC, PC… E aonde eu vou hoje, todo mundo me conhece como PC. Então hoje às vezes, quando me chamam pelo meu nome mesmo, até difícil eu atender, mas tranquilo, é um nome legal eu tô conseguindo levar bem.

  • Como é que se deu essa sua ascensão dentro do futebol americano, como é que você tá sentindo isso? Você acha que o mercado americano é um mercado interessante para para brasileiros que não tem espaço no Brasil, devido à concorrência, você acha que vale a pena investir aqui?

– Não só para brasileiros, mas como também para todo o jogador. Acho que o crescimento aqui no Estados Unidos está excelente, acho que em um futuro próximo vai estar uma liga brilhante. Já é uma liga muito boa, acho que com mais 3 ou 4 anos vai estar fantástica. Então acho que vale a pena sim, como tem muitos jogadores nomeados vindo para cá, como o Kaká, Schweinsteiger, entre outros. Então acho que tem tudo para para virar uma liga brilhante.

LEIA TAMBÉM: Quem é “PC”, jogador brasileiro em acensão no Orlando City?

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Henrique Furtado

 

Voltar