Totti pode adiar aposentadoria para jogar nos Estados Unidos…

Durante os os últimos 25 anos, Francesco Totti construiu um currículo inigualável no futebol italiano e ajudou o A.S.Roma a conquistar inúmeros títulos, sendo inclusive campeão do mundo com a seleção Italiana, na copa da Alemanha em 2006.

Totti marcou 307 gols em sua carreira, sendo 250 na liga italiana para o “Giallorossi”, como é conhecido o time de Roma. Em 2004 foi incluído no FIFA 100, uma lista de 125 grandes jogadores ainda vivos, selecionada por Pelé e pela FIFA.

Foi eleito por cinco vezes melhor jogador italiano pela Associação Italiana de Jogadores, e é considerado o melhor jogador italiano de todos os tempos.

No entanto, com o fim de sua carreira bem próximo, o jogador de 40 anos que atua pelo Roma desde 1989, pensa em extender um pouco mais sua vida profissional e exibir em outro continente seu inquestionável talento.

De acordo com La Gazzetta dello Sport, existe uma possibilidade que Totti se mude para os Estados Unidos ainda no final dessa temporada. E por incrível que pareça, o clube que receberia o grande astro não faz parte da MLS, que é a principal divisão do futebol dos EUA. O time escolhido parece ser o Miami FC, que disputa a NASL, uma espécie de segunda divisão do futebol da terra do Tio Sam. O principal motivo da escolha, seria uma forte ligação comercial do time italiano com o clube americano.

LEIA TAMBÉM: Marta agora é do Orlando !!!

O ex-jogador da seleção italiana Paolo Maldini tem grande participação na sociedade da NASL, que é administrada por Alessandro Nesta, outro ex-jogador italiano, que também deu sequencia a sua carreira nos Estados Unidos antes de pendurar suas chuteiras.

Embora não tenha havido nenhuma confirmação oficial de que Totti iria trocar o Roma por algum outro clube, uma mudança para Miami poderia ser bastante atraente para Totti por vários motivos.

Sua forte ligação com a Itália, certamente reforçaria um mudança para Miami FC. O fato de Totti nunca ter jogado por nenhum outro time italiano ou europeu, reforça a hipótese de que caso a lenda italiana, decida por dar continuidade a sua carreira, será provavelmente fora da Europa.

Voltar