Schweinsteiger deixa o caminho aberto para a MLS em 2017

Mesmo com oito títulos da Bundesliga, sete Copas da Alemanha, uma UEFA Liga dos Campeões, uma Copa do Mundo e uma UEFA Super Copa, Bastian Schweinsteiger insiste em dizer que seu sonho é permanecer no Manchester United, mas deixa em aberto a possibilidade de uma mudança para MLS (Major League Soccer) dos Estados Unidos.

1901314-40022090-640-360

Schweinsteiger de 32 anos, assinou com o United no final de 2015 quando o técnico ainda era Louis van Gaal, mas a chegada de José Mourinho mudou os planos do clube para o atleta. Foi retirado do time e chegou a ouvir que deveria procurar um novo clube.

O ex-meia do Bayern de Munique disse em um comunicado na semana passada que o Manchester seria o seu último clube na Europa mas prometeu que estaria pronto para jogar se fosse chamado por Mourinho.

“Meu sonho é jogar no Manchester United e ajudar o time a alcançar seus objetivos”, disse Schweinsteiger, durante uma entrevista coletiva após a sua última partida pela seleção Alemã, em um amistoso contra a Finlândia em Monchengladbach.

LEIA TAMBÉM: Os melhores mercados do futebol nos Estados Unidos

“Já conversamos muito. Não tenho nenhum problema com o José Mourinho, ele explicou seu ponto de vista para mim e sei o que Manchester quer atualmente. Mas eu também sei o que quero. Vamos ter que esperar para ver o que acontece até outubro. Mas uma coisa é certa, eu definitivamente não vou parar de jogar futebol, ainda acredito na minha capacidade e que eu poderia ajudar a United se tivesse uma oportunidade…”

bastianschweinsteiger-cropped_ly1c27g9kvqd1jiq0xzehmacr

Schweinsteiger começou jogando em apenas 13 das partidas que o Manchester jogou pela Premier League na temporada passada.
A respeito de um mudança para os EUA, ele acrescentou: “A janela de transferências já está fechada e por isso não será possível agora.. Meu sonho ainda é jogar pelo Manchester, mas a América é naturalmente uma excelente opção.”

Leia Também
Vídeos

O diretor das categorias de base do Orlando City, fala sobre o que espera para o futuro da Academia. David Longwell explica as várias etapas que um atleta das categorias tem que ultrapassar, para conseguir chegar até o time profissional

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!!

Na entrevista, perguntamos ao Diretor das Categorias de base do Orlando City, David Longweel, quais eram as expectativas do clube em relação ao futuro da Academia. Sobre os investimentos que estão sendo feitos e como é o processo para que um jogador da base chegue ao time principal do clube.

David respondeu:
– Já existe um bom projeto para isso no clube, nós tentamos levar jogadores para a Academia, da Academia eles vão para o time B do Orlando City e daí completam o processo chegando ao time da MLS.
Tem muito trabalho sendo feito por trás das cenas, o clube está investindo dinheiro pra tentar transformar nossa Academia em uma das melhores do país. E nós temos um objetivo de formar nossos próprios jogadores, nesse caso teremos jogadores mais novos no time principal.
Estou muito confiante que isso vai acontecer no futuro.

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Karina Furtado

O time de Orlando perdeu de 3×1 para o Miami FC em sua partida de estréia na US Open Cup 2017, com três gols do brasileiro Stefano Pinho, que pela priemeira vez em sua carreira como jogador profissional, consegue fazer um Hat-trick.

Curta nossa página do FACEBOOK
Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE

Na primeira participação na US Open Cup, o Orlando City perdeu para o Miami FC pelo placar de 3×1 no estádio do Orlando. O time do Kaká jogou praticamente com a equipe reserva, poupando grande parte dos titulares para uma importante partida da MLS no final de semana.

O grande destaque da partida, foi o brasileiro Stefano Pinho que marcou os três gols do clube de Miami e “pode pedir música no Fantástico” garantiu a vitória do Miami FC.

Stefano Pinho está no Estados Unidos desde 2015, tendo jogado anteriormente no Fort Lauderdale Strykers e no Minnesota United. Em 2014 jogou por empréstimo no futebol Finlandês, atuando uma temporada pelo MyPa.  Essa essa primeira temporada no Miami FC, os três gols marcados nessa partida, provavelmente deixarão o atacante em uma situação bem confortável dentro do clube.

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Bruno Furtado

 

No primeiro vídeo da série “Brasileiros que Fazem a Diferença”, falamos com Márcia Romero que mora nos Estados Unidos desde 1996 e hoje está a frente da fundação PEOPLE WHO MAKE A DIFFERENCE. Esse projeto faz um belíssimo trabalho social com pessoas que precisam de suporte, principalmente na área de saúde em um grande trabalho angariando doações e orientando a quem precisa.

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

Inscreva-se em nosso canal !!!
Curta nossa página do FACEBOOK: https://www.facebook.com/futeboleua/

Assista ao Vídeo:

Voltar