Papagaio ajuda justiça a condenar mulher por morte do marido

Glenna Duram deu cinco tiros no marido em Sand Lake, no estado do Michigan, mais tarde, pássaro passou a repetir ‘Não atire!’




Uma mulher foi considerada culpada de assassinato por ter atirado cinco vezes contra seu marido – em um caso aparentemente presenciado por um papagaio.

Glenna Duram disparou contra o marido, Martin, antes de voltar a arma contra si mesma em uma tentativa frustrada de suicídio na casa do casal em Sand Lake, no Estado de Michigan, em maio de 2015.

LEIA TAMBÉM: Técnico fica preso dentro de caixa eletrônico nos EUA

Mais tarde, o papagaio repetiu as palavras “Don’t f****** shoot!” (“Não atire, p***a!”, em tradução livre) na voz da vítima, segundo a ex-mulher de Martin.

O animal, um papagaio-cinzento chamado Bud, não foi usado no julgamento.

O júri considerou Glenna, de 49 anos, culpada de homicídio de primeiro grau após um dia de deliberações. Ela receberá a sentença no mês que vem.




Glenna sofreu um ferimento na cabeça durante a tentativa de suicídio, mas sobreviveu.

LEIA TAMBÉM: Motorista sobrevive após peça gigante cair sobre o seu carro em Orlando-FL

A ex-mulher de Martin e atual dona de Bud, Christina Keller, disse acreditar que o animal estava repetindo uma conversa da noite do crime, que segundo ela terminou com a frase “não atire!”, com um palavrão no meio.

Os pais de Martin concordaram com a possibilidade do animal ter ouvido a discussão do casal e então ter ficado repetindo suas últimas palavras.
“Eu pessoalmente acho que ele estava lá, que ele lembra e estava falando isso”, disse o pai, Charles, à imprensa local.
“Aquele pássaro percebe absolutamente tudo e tem a boca mais suja da área”, disse a mãe, Lilian Duram.

Um promotor de Michigan inicialmente considerou usar as repetições do pássaro como evidência no julgamento, mas acabou descartando a ideia.
“Documentos policiais indicaram que o casal tinha problemas com jogos de azar e, segundo a polícia de Michigan, Glenna teria deixado várias cartas de suicídio. Ela negou ter escrito as cartas, mas uma análise de caligrafia mais tarde apontou que a polícia estava certa.”





VIDA EUA: Como morar barato nos Estados Unidos

VIDA EUA: Os 10 maiores obstáculos para brasileiros que mudam para os Estados Unidos

Leia Também
Vídeos

Futebol EUA foi até Lakewood Ranch, na Flórida, acompanhar a partida entre as seleções Sub 17 do Brasil e dos Estados Unidos. Falamos com o Vinícius Jr, jogador revelação do Flamengo que aparece como grande estrela desse evento. O jogo fez parte do torneio Nike International Friendlies 2016. O torneio ainda contou com a participação das seleções da Turquia e de Portugal. Falamos também com o técnico Carlos Amadeu e com o Coordenador Erasmo Damiani nesse muito bem organizado evento patrocinado pela Nike.

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Bruno Furtado

Inscreva-se em nosso Canal !!!
Visite-nos no Facebook: https://www.facebook.com/futeboleua/

Assista o Vídeo:

Falamos com Victor Pagliari Giro, mais conhecido como PC. Jogador que recentemente conquistou uma vaga no time titular do Orlando City, depois de passar por outros clubes dos Estados Unidos como o Fort Lauderdale Strikers e o Tampa Bay Rowdies. 

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!

  • PC você pode nos explicar o porque do apelido PC ?

– Bom, PC porque quando era garoto ainda, que jogava no Corinthians falavam que eu parecia outro jogador que o nome dele era Paulo César, aí como tinha essa semelhança minha com ele e até o jeito de jogar, canhoto a posição tudo, e aí começaram a me chamar de PC. E aí no começo eu até tentei mudar para deixar o meu nome mesmo, mas aí todo mundo começou a pegar PC, PC, PC… E aonde eu vou hoje, todo mundo me conhece como PC. Então hoje às vezes, quando me chamam pelo meu nome mesmo, até difícil eu atender, mas tranquilo, é um nome legal eu tô conseguindo levar bem.

  • Como é que se deu essa sua ascensão dentro do futebol americano, como é que você tá sentindo isso? Você acha que o mercado americano é um mercado interessante para para brasileiros que não tem espaço no Brasil, devido à concorrência, você acha que vale a pena investir aqui?

– Não só para brasileiros, mas como também para todo o jogador. Acho que o crescimento aqui no Estados Unidos está excelente, acho que em um futuro próximo vai estar uma liga brilhante. Já é uma liga muito boa, acho que com mais 3 ou 4 anos vai estar fantástica. Então acho que vale a pena sim, como tem muitos jogadores nomeados vindo para cá, como o Kaká, Schweinsteiger, entre outros. Então acho que tem tudo para para virar uma liga brilhante.

LEIA TAMBÉM: Quem é “PC”, jogador brasileiro em acensão no Orlando City?

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Henrique Furtado

 

Canal EUA visitou algumas das mais conceituadas lojas de carros de luxo nos Estados Unidos, para mostrar uma série de carros incríveis, com seus preços, para você curtir cada detalhe dessas máquinas maravilhosas

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

Voltar