Nos Estados Unidos, existe preconceito com brasileiros?

Existe muita gente que considera preconceito, mas o fato é que os americanos são mais frios nas relações interpessoais, de uma forma geral. A barreira da língua também atrapalha um pouco, os americanos compreendem um pouquinho de espanhol, mas o Português, soa pra eles como algo entre o Italiano e o Francês. Ou seja, não entendem nada.

E comparado a nós brasileiros, que somos altamente receptivos e amigáveis, os americanos podem realmente até parecer preconceituosos.

Preconceito existe é claro, como em todos os lugares, mas quando nos mudamos para a casa dos outros, podemos sem perceber, ocupar mais espaços do que nos é devido. Nós brasileiros falamos mais alto, gesticulamos mais, sorrimos mais e gostamos mais de nos reunir e fazer festa. Estamos errados? Claro que não, mas temos que ter a clara noção que podemos estar incomodando um pouquinho os nossos vizinhos.

840f467483a311e3a4e212ae29a537f1_8

Não é difícil fazer amizades com americanos nos Estados Unidos, mas para isso, você terá que frequentar os mesmos locais que eles. Locais como Sport Bars, parques públicos e ginásios de esportes, principalmente durante os jogos e treinos das crianças, Igrejas Cristãs e a prática de trabalho voluntário nas escolas, estão entre os mais seguros para você que quer se enturmar com os “Gringos”.

E você, acha que o preconceito existe?

Por RALF FURTADO

Leia Também
Vídeos

No Torneio da Florida 2016, Canal EUA Sports entrevistou Bruno Costa, diretor de Futebol do Fort Lauderdale Strikers ( Ex-observador da seleção Brasileira de Base ) e Ricardo Oliveira, CEO do Florida Cup, que nos passaram suas impressões sobre esse grande evento internacional realizado na Florida

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

 

O timão goleou o Vasco da Gama no estádio Bright House Networks Stadium, que pertence a UCF (University of Central Florida). A partida valia por uma das semi-finais do Torneiro da Florida, onde o Corinthians, após a vitória por 4×1 sobre o Time da Colina, enfrentará o vencedor da outra semi-final ,entre São Paulo e River Plate da Argentina. Falamos também com o ator Bruno Mazzeo, torcedor do Vasco que esteve no estádio torcendo para o seu time.

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação – Ralf Furtado
Câmera – Jorge – Lameiras

Canal EUA Sports fala com o CEO do Orlando City Alexandre Leitão sobre o crescimento do mercado de futebol dos Estados Unidos. As projeções do clube para o ano de 2016 e as possibilidades do mercado americano em relação ao futebol brasileiro

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

O Orlando City jogou em casa contra o Chicago Fire, time do atual do alemão Bastian Schweinsteiger, meio-campo da seleção da Alemanha campeã mundial da Copa do Mundo do Brasil de 2014. O jogo terminou 0x0 com o Orlando jogando grande parte da partida com 1 jogador a menos, devido a expulsão injusta, ainda no primeiro tempo, do zagueiro Rafael Ramos, após uma falta aos 26 min do primeiro tempo.
Falamos com a líbero da seleção brasileira do vólei, Camila Brait e com Gustavo Brasil, diretor técnico da R9 de Orlando

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Karina Furtado

 

Voltar