Miami pode deixar de existir dentro de um século

Atualmente, cerca de 430 mil pessoas vivem em Miami, que está a apenas 1,80 metros da altura do mar




A cidade de Miami, na Flórida, nos Estados Unidos, pode desaparecer dentro de um século, de acordo com as piores previsões sobre os efeitos do aquecimento global no nosso planeta.

“A maioria das pessoas fala como se Miami ou Bangladesh ainda tivesse uma chance de sobreviver; a maioria dos cientistas com quem falei assumem que perderemos as duas dentro de um século, mesmo se pararmos de usar combustível fóssil na próxima década”, diz o jornalista David Wallace-Wells, que publicou na semana passada, na revista New York, uma longa reportagem sobre as consequências danosas do aquecimento global.

LEIA TAMBÉM: Mudança de comportamento nos jovens afeta mercado imobiliário

Atualmente, cerca de 430 mil pessoas vivem em Miami, que está a apenas 1,80 metros da altura do mar. Até 2060, algumas previsões indicam que o mar em toda a região sul da Flórida deve subir pouco mais de meio metro e que até o fim do século deve encobrir a cidade e outras 286 nos Estados Unidos, devido a uma combinação de derretimento das camadas polares e das mantas glaciais, além de um aumento das emissões de gases.




O grupo de pesquisa Climate Central utilizou os dados das pesquisas e das projeções e criou um plugin para o Google Earth, que mostra como seria cada cidade dos Estados Unidos no ano de 2100. Abaixo, você confere como ficaria Miami no pior dos cenários.

Vista de Miami, hoje, a partir do Google Earth (Climate Central/Reprodução)

Vista de Miami em 2100, a partir do plug in criado pelo grupo Climate Central no Google Earth (Climate Central//Reprodução)
VIDA EUA: Como morar barato nos Estados Unidos

VIDA EUA: Os 10 maiores obstáculos para brasileiros que mudam para os Estados Unidos


Leia Também
Vídeos

Canal EUA mostra como é uma casa modelo e como é a decoração dessas casas que são preparadas para deixar o comprador louco de vontade de adquirir um imóvel igual aquele no condomínio que está se formando. Todos os dias, centenas de novos condomínios são criados em todo o território americano. Os preços variam de acordo com a localização do terreno e a metragem da casa. A piscina e a área da churrasqueira geralmente não estão inclusos no preço da casa

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação – Ralf Furtado
Câmera – Jorge Lameiras

No primeiro vídeo da série “Brasileiros que Fazem a Diferença”, falamos com Márcia Romero que mora nos Estados Unidos desde 1996 e hoje está a frente da fundação PEOPLE WHO MAKE A DIFFERENCE. Esse projeto faz um belíssimo trabalho social com pessoas que precisam de suporte, principalmente na área de saúde em um grande trabalho angariando doações e orientando a quem precisa.

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

Inscreva-se em nosso canal !!!
Curta nossa página do FACEBOOK: https://www.facebook.com/futeboleua/

Assista ao Vídeo:

Na Florida Cup2016, Canal EUA Sports falou com o jornalista e apresentador Marcelo Rezende e o ex-jogador Dodô, conhecido como o “artilheiro dos gols bonitos”. Eles falaram sobre suas impresssões em relação ao mercado de futebol do Estados Unidos

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

Voltar