Miami pode deixar de existir dentro de um século

Atualmente, cerca de 430 mil pessoas vivem em Miami, que está a apenas 1,80 metros da altura do mar




A cidade de Miami, na Flórida, nos Estados Unidos, pode desaparecer dentro de um século, de acordo com as piores previsões sobre os efeitos do aquecimento global no nosso planeta.

“A maioria das pessoas fala como se Miami ou Bangladesh ainda tivesse uma chance de sobreviver; a maioria dos cientistas com quem falei assumem que perderemos as duas dentro de um século, mesmo se pararmos de usar combustível fóssil na próxima década”, diz o jornalista David Wallace-Wells, que publicou na semana passada, na revista New York, uma longa reportagem sobre as consequências danosas do aquecimento global.

LEIA TAMBÉM: Mudança de comportamento nos jovens afeta mercado imobiliário

Atualmente, cerca de 430 mil pessoas vivem em Miami, que está a apenas 1,80 metros da altura do mar. Até 2060, algumas previsões indicam que o mar em toda a região sul da Flórida deve subir pouco mais de meio metro e que até o fim do século deve encobrir a cidade e outras 286 nos Estados Unidos, devido a uma combinação de derretimento das camadas polares e das mantas glaciais, além de um aumento das emissões de gases.




O grupo de pesquisa Climate Central utilizou os dados das pesquisas e das projeções e criou um plugin para o Google Earth, que mostra como seria cada cidade dos Estados Unidos no ano de 2100. Abaixo, você confere como ficaria Miami no pior dos cenários.

Vista de Miami, hoje, a partir do Google Earth (Climate Central/Reprodução)

Vista de Miami em 2100, a partir do plug in criado pelo grupo Climate Central no Google Earth (Climate Central//Reprodução)
VIDA EUA: Como morar barato nos Estados Unidos

VIDA EUA: Os 10 maiores obstáculos para brasileiros que mudam para os Estados Unidos


Leia Também
Vídeos

Canal EUA esteve acompanhando o primeiro evento da BABC no IDrive Nascar em Orlando. O evento contou com a presença de importantes representantes de diversos grupos sociais e políticos, que se uniram para trocar experiências, fortalecer negócios e ajudar indivíduos e famílias que necessitam de suporte ou informações em sua vida nos Estados Unidos.
Falamos com a Presidente do Conselho da BABC, Amy Litter e com a fundadora do People Who Make a Difference, Marcia Romero

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Bruno Furtado

Canal EUA acompanhou o evento de inauguração da nova unidade de clínicas populares da empresária Cristina Faria. A CF Med-Care está estrategicamente localizada no coração da cidade, próximo a Disney e a toda a região hoteleira e turística de Orlando.

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!

Ouvimos opiniões de diversas personalidades presentes no evento, que falaram sobre a importância desse novo empreendimento para a comunidade. A nova clínica oferece preços muito abaixo do que são praticados pelos hospitais e clínicas regulares. Proporcionando ao paciente e a sua família um grande economia de dinheiro e de tempo, já que a clínica atende diversas especialidades e é equipada com equipamentos de última geração, para evitar viagens a diferentes especialistas em busca de soluções para seus problemas.

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Bruno Furtado


Como funciona o Auto Atendimento nos Estados Unidos. Canal EUA mostra que o “Self Checkout” é a forma mais comum de efetuar suas compras, você escolhe o produto e depois, você mesmo faz o pagamento no caixa de auto atendimento

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

Como alugar um imóvel para temporada em Orlando, as vantagens de ficar em uma casa ao invés de um hotel. Os atalhos para economizar seu dinheiro e as principais regras de convivência, para que sua estadia seja perfeita e sem riscos

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

Voltar