Marta agora é do Orlando !!!

O Orlando Pride, time feminino do Orlando City, acabou de acertar com a cinco vezes melhor jogadora de futebol do mundo pela FIFA, Marta. Uma grande aquisição para uma equipe recém formada, que realmente precisava desse impulso para crescer na liga e que disputa apenas a sua segunda temporada pela NWSL (National Women’s Soccer League).

Marta-Orlando-Pride

A Alagoana de Dois Riachos e com 31 anos, junta-se a equipe do Orlando Pride em uma transferência sem custos para o Pride, já que o clube sueco Rosengard concordou amigavelmente em rescindir seu contrato da atleta. O contrato com o Orlando é de dois anos com a opção de um terceiro caso haja interesse entre as partes.

“Assim que Orlando City decidiu trazer futebol feminino para a cidade e adquirir uma franquia do NWSL com o Pride, achei importante ter uma jogadora com a qualidade da Marta”, disse Alexandre Leitão, CEO do Orlando City, que conhece há muitos anos o agente de Marta, Fabiano Farah. “Na minha opinião, Marta é a maior jogadora de todos os tempos.”

LEIA TAMBÉM: Ronaldinho, Adriano e Deco juntos no Las Vegas United?

O técnico do Pride, Tom Sermanni comentou: “Trazer a Marta para a equipe eleva imediatamente o nível técnico do time. Ganhamos uma nova perspectiva de jogo, ela ainda é um jogadora muito habilidosa, ter ela aqui é uma enorme aquisição”.

os-sp-marta-orlando-pride-20170331

O diretor de futebol do Orlando City, Niki Budalic, também comentou a contratação:

– O currículo da Marta fala por si só. Ela não só é a melhor jogadora de todos os tempos, como também uma atleta que supre algumas de nossas maiores prioridades em campo. Nosso objetivo na pré-temporada foi avaliar a performance do time em sua primeira temporada (2016) e dar ao Pride ferramentas para o sucesso de 2017 em diante. Estamos montando uma equipe muito forte para os próximos anos. Além de Marta, contamos com a experiência de jogadoras da seleção dos Estados Unidos, como a atacante Ali Krieger, a goleira Ashlyn Harris e a meia Alex Morgan (que retorna ao clube depois da Champions), entre outras.

Voltar