Estados Unidos revelando talentos para o futebol?

Quando o maior ídolo do futebol de todos os tempos, desembarcou em 1975 na terra do Tio Sam, todos acharam que o mundo do futebol estaria ganhando mais uma super potência do esporte. Muito dinheiro foi investido naquela época para levar o futebol jogado com os pés, até as TVs das residências americanas. Mas apesar de todo dinheiro e esforço, essa seria apenas a primeira das várias tentativas de fazer o nosso futebol cair no gosto dos amantes do futebol da bola oval, do Basquete e do Baseball.

pele-cosmos

Muitos outros grandes ídolos já passaram por lá depois que o Rei do Futebol defendeu o New York Cosmos entre 1975 e 1977. O super astro inglês David Beckham, causou o maior ‘frisson’ quando anunciou que estaria deixando o poderoso Real Madrid e se mudando para os Estados Unidos, para defender o L.A.Galaxy. Sua aparência de modelo e seu bom futebol, era tudo o que os veículos da mídia precisavam para novamente tentar empurrar goela a baixo dos americanos o esporte mais apreciado no mundo. O pop star inglês trouxe consigo sua esposa, a ex-Spice Girl Victoria Beckham, que juntos ou separados e por tudo o que representavam, eram sempre notícia de capa nos principais meios de comunicação dos Estados Unidos.

LEIA  TAMBÉM: Ibrahimovic está muito próximo do L.A.Galaxy

Beckham defendeu o L.A.Galaxy entre 2007 e 2012, no meio disso voltou a Europa para para defender o Milan, retornou ao L.A.Galaxy e mais tarde o PSG, onde em 2013 encerrou sua carreira.

USATSI_6198756_167117770_lowres

Recentemente o empresário brasileiro Flávio Augusto, comprou um pequeno clube em Orlando na Flórida e o transformou em uma das maiores potências do futebol dos Estados Unidos. Para compor o elenco da renovada equipe, trouxe o não menos “pop star” Kaká e colocou o Orlando City na MLS, a principal liga de soccer americana.

Nunca se falou tanto no futebol do Estados Unidos, em terras tupiniquins, como se fala atualmente. O Orlando City virou segundo time de muitos brasileiros, que durante suas viagens para a Disney, aproveitam para ver Kaká ao vivo, no novíssimo estádio dos “Lions”como é conhecido o time de Orlando.

Orlando-City-580-KAKA-2

Depois disso ainda vieram o italiano Andrea Pirlo, o espanhol David Villa, o mexicano Giovani Dos Santos, o inglês Steven Gerrard e a mais recente super contratação do Chicago Fire, o ídolo da seleção alemã Bastian Schweinsteiger.

Todos tiveram sua importância na evolução e na divulgação do futebol dentro do próprio país e pelo mundo afora, mas o que ninguém imaginava, é que todo esse investimento acabaria dando frutos para exportação.

Todos os dias novos campos de futebol são inaugurados em todos os 50 estados americanos e centenas de escolinhas de futebol são criadas todos os anos, com técnicos de diversos países a sua frente, oferecendo aos jovens atletas, um treinamento com técnicas bem diversificadas.

rtc_010_cropped-660x330

LEIA TAMBÉM: Ronaldinho, Adriano e Deco juntos no Las Vegas United?

Atualmente muitas crianças já nascem dentro de um ambiente totalmente voltado para o soccer, em muitas cidades americanas o futebol já faz parte da cultura local. Os jogos dos times de cada cidade, reúnem milhares de pessoas nos estádios, sempre modernos e bem equipados, seguindo o padrão de tudo o que é produzido na america.

Esse ambiente propício tem ajudado na formação desses novos atletas, que naturalmente estão começando a chamar a atenção do mercado mais desejado do planeta, o mercado europeu.

O maior destaque desse momento é Christian Pulisic, meio-campo de origem croata, nascido nos Estados Unidos e filho do ex-jogador Mark Pulisic. Christian nasceu na pequena Hershey no estado da Pennsylvania e com 18 anos já se tornaria titular absoluto do poderoso Borussia Dortmund da Alemanha, onde atua desde 2015.

3HBqKTf

Filho de Mark e Kelley Pulisic, ambos ex-jogadores de futebol universitário da Universidade George Mason. Seu pai chegou a jogar profissionalmente pelo Harrisburg Heat na década de 1990 e depois se tornou treinador. Aos 7 anos Christian viveu por um ano na Inglaterra, onde jogou pelo time local da cidade de Brackley. Mais tarde a família retornou para a Inglaterra onde Christian deu seus primeiros passos no futebol profissional, atuando pelo Harrisburg City Islanders. Aproveitando o fato de seu avô ser coata, Pulisic pode solicitar a dupla cidadania européia, e com isso conseguiu um visto de trabalho alemão para poder jogar legalmente no país. Chegou a receber uma proposta para atuar pela seleção da Croácia, mas recusou.

Em fevereiro de 2015, com apenas 16 anos, foi contratato pelo Borussia Dortmund, onde atuou pela equipe Sub.19, marcando 10 gols e dando 8 assistências em apenas 15 jogos disputados. No final da temporada já estava promovido a equipe principal

Aos 17 anos, na Copa no Brasil de 2016, Christian Pulisic se tornou o jogador mais jovem a marcar um gol em uma copa do mundo, atuando pela seleção dos Estados Unidos.

Cristian segue o exemplo de outros americanos que fizeram ou fazem sucesso no futebol europeu, como Julian Green que também chegou cedo a Europa e após uma excelente passagem pelo Bayern de Munich entre 2013 e 2016, segue jogando na Alemanha pelo VfB Stuttgart.

download(1)

O futebol está muito vivo na América, faltam apenas alguns detalhes para que o espote bretão caia definitivamente no gosto dos americanos.

Por RALF FURTADO

Leia Também
Vídeos

O craque Ronaldinho Gaucho fala ao Canal EUA Sports. Argel Fucks, técnico do Internacional, o ex-jogador Sorín e o presidente do Fluminense Peter Siemsen também comentam o mercado de futebol americano, durante o Jogo das Estrelas no Torneio da Florida

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

No primeiro vídeo da série “Brasileiros que Fazem a Diferença”, falamos com Márcia Romero que mora nos Estados Unidos desde 1996 e hoje está a frente da fundação PEOPLE WHO MAKE A DIFFERENCE. Esse projeto faz um belíssimo trabalho social com pessoas que precisam de suporte, principalmente na área de saúde em um grande trabalho angariando doações e orientando a quem precisa.

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

Inscreva-se em nosso canal !!!
Curta nossa página do FACEBOOK: https://www.facebook.com/futeboleua/

Assista ao Vídeo:

Na Florida Cup2016, Canal EUA Sports falou com o jornalista e apresentador Marcelo Rezende e o ex-jogador Dodô, conhecido como o “artilheiro dos gols bonitos”. Eles falaram sobre suas impresssões em relação ao mercado de futebol do Estados Unidos

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

No Torneio da Florida 2016, Canal EUA Sports entrevistou Bruno Costa, diretor de Futebol do Fort Lauderdale Strikers ( Ex-observador da seleção Brasileira de Base ) e Ricardo Oliveira, CEO do Florida Cup, que nos passaram suas impressões sobre esse grande evento internacional realizado na Florida

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

 

Voltar