Desde 2002, Brasil não fica tanto tempo sem jogador escolhido no Draft da NBA

De Nenê (2002) até Caboclo (2014), Brasil tem pelo menos um jogador draftado no período. Consultores internacionais e Tiago Splitter avaliam jejum de três anos

O Brasil tem uma tradição gigantesca no basquete, com títulos mundiais e medalhas olímpicas. Mesmo sem resultados expressivos nos últimos anos, ainda é respeitado por seus nomes do passado e até alguns do presente. No entanto, o futuro não deixa boa impressão. Desde 2002, quando Nenê foi a sétima escolha do Draft da NBA, a liga americana, o país vive o seu maior jejum no evento. São três anos sem um brasileiro selecionado. A última vez aconteceu em 2014, quando o Toronto Raptors pegou Bruno Caboclo com o número 20.

Este ano, o Brasil teve Georginho e Mogi, ambos do Paulistano, inscritos no Draft, além dos jogadores nascidos em 1995, que se tornaram disponíveis automaticamente. No entanto, não foram selecionados e devem tentar a sorte nas ligas de verão a partir do dia 1 de julho. Despertar o interesse da NBA é fundamental e para isso é preciso que algumas situações aconteçam.

LEIA TAMBÉM: Empresário de Ibra revela sondagens de clube dos Estados Unidos

Falar melhor inglês, a competição com os europeus, a questão dos valores de rescisão e um melhor trabalho de identificação destes valores com potencial de NBA são outros fatores apontados como fundamentais para o Brasil voltar ao Draft. Uma documentação mais eficiente em relação ao histórico de lesões é mais um problema apontado por Roese, por exemplo. Mas a situação do basquete brasileiro, que vinha de uma suspensão da Fiba, não é tratada como um problema.

LEIA TAMBÉM: Jogadora de futebol se negou a jogar na seleção dos EUA por camisa do “orgulho gay”

Hoje, o Brasil tem quatro jogadores sob contrato com a NBA: Leandrinho (Phoenix Suns), Raulzinho (Utah Jazz), Lucas Nogueira e Bruno Caboclo (Toronto Raptors). Cristiano Felício é agente livre restrito do Chicago Bulls. Além de Splitter, Nenê, Varejão e Marcelinho Huertas podem negociar com qualquer equipe depois de terem seus contratos encerrados.

Por enquanto, Augusto Lima está confirmado no Indiana Pacers para participar da Liga de Verão da NBA, e Georginho seguirá o mesmo caminho, mas atuando pelo Houston Rockets e, em seguida, indo para o Rio Grande Valley Vipers, da G-League. Outros brasileiros aguardam convites. Por enquanto, a realidade reduz cada vez mais o espaço do Brasil na elite do basquete.

VIDA EUA: Como morar barato nos Estados Unidos

VIDA EUA: Os 10 maiores obstáculos para brasileiros que mudam para os Estados Unidos

Leia Também
Vídeos

Canal EUA acompanhou a inauguração de mais uma loja do supermercado Walmart, em Lake Mary na Florida. Esse é um formato novo de lojas que a rede tem implementado, são lojas menores chamadas Walmart Neighbood, “Walmart de bairro”. Estivemos lá para mostrar o cuidado e a organização de um evento tradicional, mas que por aqui ganha produção de super evento




Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Bruno Furtado



VIDA EUA: Como morar barato nos Estados Unidos

VIDA EUA: Os 10 maiores obstáculos para brasileiros que mudam para os Estados Unidos

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!

Como alugar um imóvel para temporada em Orlando, as vantagens de ficar em uma casa ao invés de um hotel. Os atalhos para economizar seu dinheiro e as principais regras de convivência, para que sua estadia seja perfeita e sem riscos

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

O reconhecido técnico de futebol Marcos Machado acaba de inaugurar sua nova Academia de Futebol em Orlando, a GGS. O espaço com 6 campos de grama natural fica em Ocoee e já está realizando tryouts com uma grande quantidade de novos atletas.
O diretor técnico da Golden Goal Sports é Marconi Machado, filho e braço direito de Marcos Machado.

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!


Apresentação: Ralf Furtado

Canal EUA esteve acompanhando o primeiro evento da BABC no IDrive Nascar em Orlando. O evento contou com a presença de importantes representantes de diversos grupos sociais e políticos, que se uniram para trocar experiências, fortalecer negócios e ajudar indivíduos e famílias que necessitam de suporte ou informações em sua vida nos Estados Unidos.
Falamos com a Presidente do Conselho da BABC, Amy Litter e com a fundadora do People Who Make a Difference, Marcia Romero

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Bruno Furtado

O Orlando City jogou em casa contra o Chicago Fire, time do atual do alemão Bastian Schweinsteiger, meio-campo da seleção da Alemanha campeã mundial da Copa do Mundo do Brasil de 2014. O jogo terminou 0x0 com o Orlando jogando grande parte da partida com 1 jogador a menos, devido a expulsão injusta, ainda no primeiro tempo, do zagueiro Rafael Ramos, após uma falta aos 26 min do primeiro tempo.
Falamos com a líbero da seleção brasileira do vólei, Camila Brait e com Gustavo Brasil, diretor técnico da R9 de Orlando

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Karina Furtado

 

Voltar