Com Amoroso e Luisão no elenco, Boca Raton FC chega as finais da APSL

Aos 42 anos, o atacante Amoroso está atuando pelo Boca Raton FC ao lado de Luisão, outro ex-jogador da seleção brasileira. O time disputa a APSL (American Premier Soccer League) da quarta divisão norte-americana. Recentemente Amoroso brilhou participando de gols e levando o time a novamente disputar a final da APSL, que será disputada no dia 4 de agosto contra o Uruguay Kendall




LEIA TAMBÉM: Dagoberto acerta com time de São Francisco

Logo depois disputar a final da APSL, Amoroso começará a desenvolver o novo projeto junto ao Boca Ratón FC. O projeto consiste no recrutamento de garotos em escolinhas de futebol do Brasil para jogar no clube norte-americano.

Nos Estados Unidos, além de terem a oportunidade de atuar em uma liga nacional, os jovens ganharão a possibilidade de estudar em universidades, dando aos jovens atletas uma segunda possibilidade depois do futebolO atleta já possui algumas escolinhas de futebol no Brasil, mas a matriz do projeto ficará em Campinas, cidade na qual o ex-atacante surgiu para o futebol.



VIDA EUA: Você sabe o que é uma Soccer Mom?

VIDA EUA: As maiores diferenças do futebol infantil nos Estados Unidos e no Brasil

Leia Também
Vídeos

Futebol EUA foi até Lakewood Ranch, na Flórida, acompanhar a partida entre as seleções Sub 17 do Brasil e dos Estados Unidos. Falamos com o Vinícius Jr, jogador revelação do Flamengo que aparece como grande estrela desse evento. O jogo fez parte do torneio Nike International Friendlies 2016. O torneio ainda contou com a participação das seleções da Turquia e de Portugal. Falamos também com o técnico Carlos Amadeu e com o Coordenador Erasmo Damiani nesse muito bem organizado evento patrocinado pela Nike.

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Bruno Furtado

Inscreva-se em nosso Canal !!!
Visite-nos no Facebook: https://www.facebook.com/futeboleua/

Assista o Vídeo:

Canal EUA mostra as Mega Lojas de Halloween onde os Americanos compram os doces, as fantasias e os acessórios de uma das datas festivas mais importantes dos Estados Unidos. São milhares de opções de tudo o que você pode imaginar de mais assustador para decorar a sua casa e vestir seus filhos para o dia 31 de outubro



Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Jorge Lameiras

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!




VIDA EUA: Nos Estados Unidos, existe preconceito com brasileiros?
VIDA EUA: 3 coisas que se aprende em 5 anos nos Estados Unidos

Falamos com Victor Pagliari Giro, mais conhecido como PC. Jogador que recentemente conquistou uma vaga no time titular do Orlando City, depois de passar por outros clubes dos Estados Unidos como o Fort Lauderdale Strikers e o Tampa Bay Rowdies. 

Inscreva-se em nosso Canal do YOUTUBE !!
Curta nossa página do FACEBOOK !!

  • PC você pode nos explicar o porque do apelido PC ?

– Bom, PC porque quando era garoto ainda, que jogava no Corinthians falavam que eu parecia outro jogador que o nome dele era Paulo César, aí como tinha essa semelhança minha com ele e até o jeito de jogar, canhoto a posição tudo, e aí começaram a me chamar de PC. E aí no começo eu até tentei mudar para deixar o meu nome mesmo, mas aí todo mundo começou a pegar PC, PC, PC… E aonde eu vou hoje, todo mundo me conhece como PC. Então hoje às vezes, quando me chamam pelo meu nome mesmo, até difícil eu atender, mas tranquilo, é um nome legal eu tô conseguindo levar bem.

  • Como é que se deu essa sua ascensão dentro do futebol americano, como é que você tá sentindo isso? Você acha que o mercado americano é um mercado interessante para para brasileiros que não tem espaço no Brasil, devido à concorrência, você acha que vale a pena investir aqui?

– Não só para brasileiros, mas como também para todo o jogador. Acho que o crescimento aqui no Estados Unidos está excelente, acho que em um futuro próximo vai estar uma liga brilhante. Já é uma liga muito boa, acho que com mais 3 ou 4 anos vai estar fantástica. Então acho que vale a pena sim, como tem muitos jogadores nomeados vindo para cá, como o Kaká, Schweinsteiger, entre outros. Então acho que tem tudo para para virar uma liga brilhante.

LEIA TAMBÉM: Quem é “PC”, jogador brasileiro em acensão no Orlando City?

Apresentação: Ralf Furtado
Câmera: Henrique Furtado

 

Voltar